This site uses cookies. To browse the site you are consenting to their use. Learn more about cookies. close

Portefólio

Lisboa

Quinta do Monte d’Oiro
Após os primeiros anos de consolidação de uma produção de vinhos de consistente alta qualidade, a Quinta do Monte d’Oiro entrou numa nova fase da sua história a partir da colheita de 2006, lançando para o mercado uma nova imagem e vinhos provenientes de uma conversão para a agricultura biológica. Dos 42 ha da propriedade, apenas 15,5 ha foram replantados com as castas Syrah, Viognier e Petit Verdot, importadas directamente das suas regiões originais em França, e com as castas portuguesas Touriga Nacional e Tinta Roriz. Existe a preocupação de produzir uva com rendimentos baixos rendimentos de produção incrementando a qualidade enológica que se pretende dos vinhos. A partir da colheita de 2006 passaram a existir duas famílias de vinhos: Família Quinta do Monte d’Oiro e a Família Originals de José Bento dos Santos, vinhos da autoria do produtor.
Ver Produtor
Colares Chitas
António Bernardino Paulo da Silva é um dos mais antigos produtores da região e um resistente à pressão urbanística que invade os terrenos de cultivo. Lutando para manter a tipicidade do seu vinho, este produtor é o baluarte de um dos mais preciosos néctares do mundo.
Ver Produtor
Quinta de S. Sebastião
A Quinta de S. Sebastião apresenta um terroir ideal que garante a qualidade das mais variadas castas e se, aos factores naturais, juntarmos o carinho e o respeito no cuidado que lhes damos, obtemos os frutos perfeitos que abrem as portas à criação de vinhos exclusivos, servindo os mais exigente e rigorosos critérios de selecção. Por isso, para os nossos tintos, as escolhas da fruta recaíram sobre um conjunto de castas nacionais e estrangeiras, as tintas francesas Syrah e Merlot e as portuguesas Touriga Nacional e Tinta Roriz (aragonês). Nas brancas a opção foi para as variedades nacionais Arinto e Cercial.
Ver Produtor
Imagem Principal 1
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo
Catalogo